fbpx
Gestão da lucratividade por produtos

Gestão da lucratividade por produtos

O Case de Sucesso apresentado abaixo é real. A empresa em questão teve seu nome ocultado devido ao acordo de confidencialidade com nossos clientes. Para contexto, o cliente de médio porte está localizado no centro oeste paulista e sempre acompanhou o resultado dos seus produtos por valor faturado. Até o momento, imaginava-se a lucratividade dos produtos, mas nunca conseguiram validar a veracidade de tais informações. Talvez, encontraremos alguma semelhança desse caso real com a realidade de muitas empresas nos dias atuais.

Na atualidade, o preço de venda de um produto não é mais definido pela empresa, mas sim pelo mercado. Na prática, as empresas adequam seus custos a um preço de venda e se esforçam para ser o mais eficiente possível e conseguir reduzir ou diluir os custos.

O acompanhamento dos custos por produtos, principalmente os custos rateados, onde cada produto precisa absorver uma parcela deles, sempre foi uma dificuldade muito grande. Para tentar operacionalizar esta situação, o cliente apostou no mesmo serviço que a maioria das empresas: encontrou um markup e utilizou o valor sobre o custo da matéria prima. Ou seja, encontrou um indicador e multiplicou o mesmo pelo custo da matéria prima.

A prática dá uma noção do resultado do produto. Mas, dificilmente, o empresário pode ter certeza da lucratividade. Assim, volta-se à análise de fluxo de caixa para acompanhar a saúde financeira da empresa.

Em momento de grave recessão econômica, tal como o que estamos passando, a demanda por produtos e insumos sofre grande oscilação, fazendo com que haja um desabastecimento de materiais. Com isso, a escassez chega e os preços dos produtos começam a sofrer muitas mudanças em um curto espaço de tempo. Desta forma, aumenta-se o risco da empresa manter o preço de venda e ter prejuízo na venda de seus produtos.

 

Soluções apresentadas para calcular a lucratividade

– Implementar revisões do custo direto de matéria prima por produto, diluindo esse trabalho entre apontamentos de diversos setores;
Conciliar e organizar as informações de gastos indiretos. Apenas com esse simples trabalho os custos já são reduzidos;
– Propor novas formas e estratégias de executar os mesmos serviços com um custo indireto menor;
– Ratear os custos indiretos entre os produtos. Talvez a atividade mais difícil que uma empresa enfrenta, mas que utilizando técnicas e tecnologia para análise dos dados que a empresa já possui em seu ERP, o resultado é impressionante;
– Implementar técnica e tecnologia para acompanhar o reflexo no preço de venda das oscilações dos custos;
– Disponibilizar um painel com todos os produtos, seus custos e seu resultado em cada mês operacional da empresa.

 

Resultado obtido com o cálculo da lucratividade por produtos

Lucratividade do produto

A empresa conseguiu obter um markup para cada tipo de produto ao invés do markup geral, fazendo com que muitos de seus produtos ficassem mais competitivos no mercado e corrigindo o resultado dos produtos que geravam prejuízo. Ainda, as soluções permitiram que o cliente passe a acompanhar esses números em tempo real, e tome suas decisões ao longo da vida empresarial de forma mais assertiva.

 

Tiago Ortolani

CEO da Integrale Soluções Empresariais e professor de Graduação e Pós-Graduação na FIJ - Faculdades Integradas de Jaú. Também é Mestre em Engenharia de Produção – Linha de Pesquisa: Gestão Estratégica e Econômica pelo Centro Universitário de Araraquara (UNIARA) e especialista em Perícia e Auditoria Contábil.

Deixe uma resposta

Fechar Menu