fbpx
Sua contabilidade deve ajudar, não atrapalhar

Sua contabilidade deve ajudar, não atrapalhar

O tema do artigo de hoje abordará uns dos maiores desafios e/ou dificuldades que as organizações em fase de expansão enfrentam em seus negócios: a manutenção de uma contabilidade atualizada e consistente.

Mas, antes de começar o bate-papo, lhe proponho duas reflexões:

  1. A sua empresa mantém um calendário de fechamento e reconciliações contábeis? Se sim, qual é o prazo?
  2. As informações contábeis são levadas em consideração para tomada decisão? Com que frequência?

Atuando com empresas que estão se estruturando em busca de crescimento, constamos uma situação comum entre elas: a maioria não mantém contabilidade em dia tampouco utiliza as informações contábeis para fins gerenciais. Existem casos, inclusive, em que o empresário sequer sabe o que são e para que servem tais informações.

Parte dos empreendedores e dos empresários tradicionais enxergam a contabilidade como mera burocracia para cumprimento de obrigações com o fisco e bancos. Então, lhe proponho mais uma reflexão:

  • Você sabia que além de auditar e fiscalizar os contribuintes, o fisco utiliza as informações recebidas para fins gerenciais, estratégicos e estatísticos? Com base neste dados estruturados ele tem condições, por exemplo, de determinar lucratividade e carga tributária, por segmento, por região.

Se até mesmo o fisco utiliza as suas informações de forma estratégica. O que te impede de fazê-lo também?

Bem, aqui você pode estar se perguntando: Como faço para ter essas informações e essas análises na minha empresa?

Contabilidade – informações estratégicas

O primeiro passo é organizar a contabilidade e trazê-la a data presente. Para que você tenha informações reais e atuais.

Para isso, listo algumas dicas que vão lhe ajudar com isso:

  • Utilização eficiente do seu ERP: Seu sistema serve para muito mais do que apenas emitir notas fiscais e boletos. Ele serve para, pelo menos, te auxiliar com a gestão de estoques e ativos, posição financeira de contas a pagar e a receber. Importante lembrar que tais informações devem estar registradas e documentadas na contabilidade.
  • Calendário de fechamento contábil: Sua contabilidade serve para muito mais do que apurar Imposto de Renda e transmitir SPED. Mas, para que tenha utilidade estratégica, você precisa que ela reflita a realidade econômica atual da empresa. Por isso, manter um calendário para fechamento da contabilidade, atribuir responsáveis e monitorar prazos é essencial para ter as informações tempestivamente.
  • Multidisciplinaridade: Embora legalmente uma única pessoal (o contador) seja responsável pelas demonstrações contábeis, manter a contabilidade organizada e em dia é dever de todos. Por isso, o departamento de contabilidade deve estar envolvido em todas as operações e transações que a empresa pretenda realizar. A partir desse envolvimento ela consegue medir esforços e avaliar impactos.
  • Auditoria Contábil:  Seres mortais estão sujeitos a erros. Como forma de mitigá-los e até mesmo evitar situações fraudulentas, é preciso acompanhamento e validação das informações registradas. Em outras, palavras é preciso atestar através de documentos oficiais e idôneos que os saldos apresentados na contabilidade representam a real situação vivenciada por ela.

Estes são apenas algumas dicas para que você consiga organizar a contabilidade dentro da sua empresa. Contar com ajuda de especialistas certamente ajuda e facilita o trabalho de estruturação de uma contabilidade consistente..

Com isso, organizações tem cada vez mais condições de trabalhar dados contábeis estrategicamente, através de indicadores gerenciais e modelagens financeiras. Mas este bate-papo de indicadores fica para uma próxima oportunidade.

Continue acompanhando nosso blog.

Rafael Ferrinho

Rafael Ferrinho possui mais de 10 anos de experiência no mercado, atuando com empresas pequeno, médio e grande porte de diversos seguimentos. Trajetória nas áreas de contabilidade (IFRS), tributária federal, estadual e municipal, exercendo a revisão na apuração dos tributos diretos e indiretos, efetuando gerenciamento de passivos fiscais, estudos e planejamentos visando a redução da carga tributária, levantamento de créditos tributários, bem como revisão de processos das áreas tributária e de contabilidade com vistas a identificar possíveis ganhos e eficiência entre equipes. Possui expertise em gestão de equipes e gerenciamento de projetos decorrentes do tempo de atuação na área. Siga seu perfil no LinkedIn.

Deixe uma resposta

Fechar Menu