fbpx

Controladoria e a sua importância

  controladoria, prospere com ela ou fracasse

Quando falamos de controladoria um dado inicial extremamente preocupante sobre as empresas brasileiras não pode ser ignorado. Segundo dados do IBGE 48,2% das empresas nacionais fecham depois de apenas três anos exercendo sua atividade. E se sua empresa passou por esse período, não se acalme, isso não quer dizer que você está no caminho certo.

   A principal razão de fracasso de quase metade dos empreendimentos iniciados no país é a falta de gestão qualificada dos processos internos das empresas. Empresários de organizações de pequeno ou médio porte acabam tendo que se envolver com mais naturalidade às atividades internas da empresa. Até mesmo na produção, enquanto isso a gestão dos recursos e vida financeira da empresa ficam abandonados e esquecidos.

   E para ajudar os empresários na gestão estratégica de sua empresa, a controladoria surge como padrões de qualidade desenvolvidos a partir do planejamento estratégico personalizado pela atividade exercida pela empresa. Dessa maneira, englobando todos os setores da empresa para que a qualidade da informação fornecida seja certeira.

Processos internos da empresa

   Um olhar interno para os procedimentos da empresa conforme fornecido pela controladoria possibilita verificar a gestão dos recursos e buscar os melhores níveis de produtividade da empresa. Desse modo tendo uma maior produtividade, com melhor qualidade e custando menos. Isso quer dizer que vai haver um aumento nos produtos gerados, com melhores recursos sendo utilizados para isso e custando menos para a empresa. Com isso, há um ganho na vantagem competitiva no mercado pela queda de preços e internamente a empresa tem suas informações financeiras mais claras, unindo todas elas e facilitando a tomada de decisão do empresário no curto, médio e longo prazo.

   Um dos problemas que mais custam e provocam o fechamento precoce das empresas é o retrabalho de produções insatisfatórias e informações desencontradas nos processos internos da empresa, que além de causar perda de tempo, provocam perda de potencial competitivo.

   A controladoria, portanto, deve além de fornecer informações para a empresa, incluir metas para inclusão e conclusão de objetivos que trarão aumento real de faturamento da empresa. A redução de custos e aumento de produtividade, ressaltando a dificuldade ou probabilidade de conversão de planejamento em prática. Com essas informações analisadas amplamente, a empresa minimiza riscos de perdas e prejuízos operacionais pois amplifica a visão sistêmica organizacional, clareando erros e evidenciando possíveis correções.

   Por isso, a controladoria deve ser assertiva, elaborada e acompanhada por empresa responsável e profissionais de confiança. Apesar de ela ser considerada de fácil implantação por utilizar controles e planejamentos estratégicos previamente estabelecidos, as informações apuradas podem encaminhar a empresa para o sucesso ou acelerar seu fracasso.

Gostou do nosso conteúdo?
Acompanhe os nossos canais de comunicação é não fique de fora dos principais assuntos dos meios dos negócios

Gabriel Aleixo Conessa
Contador
CRC: 1SP328227/O-0
Parceiro da Integrale Consultoria Empresarial

Deixe uma resposta

Fechar Menu